Slider

A Medicordis

Somos uma clínica de cardiologia em funcionamento desde 2011. A nossa missão é cuidar da saúde e bem-estar dos nossos pacientes. Contamos com um corpo clínico altamente capacitado – todos com titulação em suas especialidades e ampla experiência profissional, além de colaboradores extremamente competentes e atenciosos.  

Além disso, oferecemos um atendimento de excelência e mantemos uma relação de confiança, transparência e respeito com nossos pacientes e seus familiares. 

Nossas Especialidades

Atendemos
mais de

50 convênios

Nossa Equipe

Dr Rodrigo Costa Quintão

Cardiologia
CRM/DF 12144

Dra. Sandra Marques e Silva

Cardiologia e Ecocardiografia
CRM/DF 13769

Dr. Leandro Goulart Maciel

Cardiologia
CRM/DF 15337

Dr Denílson e Silva Franco

Cardiologia
CRM/DF 18221

Barbara Ernest Dias

Nutrição

Dr. Leandro Goulart Maciel

Cardiologia
CRM/DF 15337

Dr. Rodrigo Costa Quintão

Cardiologia
CRM/DF 12144

Dra. Sandra Marques e Silva

Cardiologia e Ecocardiografia
CRM/DF 13769

Barbara Ernest Dias

Nutricionista

Dicas de Saúde

Uma dieta correta e balanceada pode evitar doenças e até mesmo reverter doenças. Deve-se evitar alimentos gordurosos (frituras, gorduras, manteiga, maionese) pois estes geram a formaçao de placas de gordura no interior dos vasos. O resultado é o desenvolvimento de doenças como a angina, o infarto e o derrame. Prefira carnes magras, sem pele e sem gordura na superfície. Valorize os vegetais e frutas por conterem vitaminas e também ajudarem na digestão. O uso de temperos à base de limão, vinagre, azeite de oliva, entre outros, devem ser valorizados em detrimento ao sal. O excesso do sal piora quadros de hipertensão arterial e doenças renais. Não há necessidade de retirar todo o sal da dieta mas sim usá-lo em pequenas quantidades no preparo dos alimentos e não no prato. Ele é importante fonte de iodo, necessário ao funcionamento da tireoide.

 

A prática regular de exercícios físicos ajuda não apenas o corpo mas também a mente a se manter saudável. Não adianta fazê-los em um unico dia durante muitas horas seguidas: os benefícios só existem quando realizados de forma regular. Um mínimo de três vezes por semana e por trinta minutos auxiliam na circulação do sangue pelo corpo, na oferta de oxigênio e nutrientes aos tecidos e na diminuição dos níveis da glicose e das gorduras corporais: diminui o colesterol ruim (LDL) e eleva o colesterol bom (HDL).

Os cuidados devem começar desde a roupa que deve ser adequada à prática de exercícios. Use tenis para evitar lesões articulares  nas caminhadas e na realização de musculação. Procure um profissional de educação física para supervisionar os movimentos e montar a sequência mais adequada de exercícios. Nunca esqueça de hidratar-se pois a água impede o aumento exagerado da temperatura corporal e previne a ocorrência de desidratação e quedas da pressão arterial.

A  avaliação médica deve preceder o início das atividades físicas. O médico vai  verificar se existe alguma restrição para algum tipo de exercício e diagnosticar doenças que podem estar sem sintomas aparentes. Na maioria dos casos são necessários exames laboratoriais, teste de esforço , ECG, ecocardiograma, entre outros. O exercício deve trazer saúde e não desencadear uma doença ou piorar a condição física do indivíduo.

Os exercícios aeróbicos como correr, caminhar, nadar, entre outros, são os mais recomendados e os que mais trazem benefícios cardiovasculares, perda de peso e melhora da capacidade respiratória. A musculação também pode ser realizada em qualquer idade mas sem  excesso de peso e valorizando um maio número de repeticões.

No dia-a-dia, a adoção de algumas práticas simples podem favorecer o condicionamento físico (apesar de não substituirem os exercícios regulares). Subir escadas e caminhar um pouco mais (deixando o carro mais distante um pouco do local de destino, por exemplo) já contribuem para melhorar o sistema cardiovascular.

Os pacientes portadores de algumas doenças devem tomar alguns cuidados:

–  hipertensão arterial :  controlar os níveis da pressão antes de iniciar qualquer atividade física. Lembrar que qualquer esforço a faz ficar mais elevada e isto pode ser muito prejudicial se ela já estiver descontrolada;

-diabéticos: jamais iniciem qualquer atividade em jejum. Há risco de hipoglicemia.

-cardiopatas isquêmicos: todos os portadores de angina e /ou  infarto do miocárdio devem ter a liberação do médico assistente antes de se exrcitarem. Nestes casos, existem exercícios específicos que são supervisionados por fisioterapeutas e compõem a reabilitação cardiovascular.

-valvulopatas: consultar o médico assistente antes de iniciar atividade física.

O cigarro é atualmente o segundo maior causador de mortes no mundo, perdendo apenas para a hipertensão arterial. Estima-se que ele mata um em cada dez adultos. As causas são as mais variadas: cancer, doenças  pulmonares, doenças cardiovasculares.

O fumo, mesmo o de corda, contém mais de 4000 substâncias tóxicas que trazem muitos prejuízos ao funcionamento dos orgãos do corpo. Ele está listado como um fator de risco muito importante para a ocorrência de infarto, angina, derrame, entre outros. Ele gera uma inflamação dentro dos vasos sanguíneos que ajudam na formação das placas de gordura e na obstrução por coágulos sanguíneos.

Vários outros problemas podem surgir. Entre eles está o escurecimento e a perda de dentes, impotência sexual, aumento da ocorrência de infecções pulmonares, partos prematuros e até a morte precoce do bêbe noútero da mãe.

Por isto, é de grande importância o fim do hábito de fumar. Nem sempre a vontade própria do indivíduoé suficiente pois a nicotina gera uma dependência semelhante à vista em pessoas usuárias de drogas e alcólatras. Já existem medicações muito modernas que ajudam a controlar os sintomas da abstinência e aumentam a chance de a pessoa nunca mais voltar a fumar. Procure o seu médico e se informe delas.

 

AFEB BRASAL
AFFEGO
ALLIANZ
ASETE (ASTE)
BACEN GEAP
BRADESCO
BRB SAÚDE
CAEME-GO
CAESAN
CAMED NOTRE DAME
CARE PLUS
CASEC (CODEVASF)
CASEMBRAPA (EMBRAPA)
CASSI
CNTI
CONAB PLAN ASSISTE (MPM)
EMBRATEL – DEMAIS

PLANOS
E-VIDA (ELETRONORTE)
FACEB
FAPES (BNDES)
FASCAL PROASA
GAMA SAÚDE
GRAVIA PRÓ-SOCIAL (TRF)
IDEAL
INFRAERO
LIFE EMPRESARIAL
MEDSERVICE
OMINT SAÚDE SIS (SENADOR)
PETROBRAS DISTRIBUIDORA
PETROBRAS PETRÓLEO
PLAN ASSISTE (MPF)
PLAN ASSISTE (MPT)
PLAS/JMU (STM)

PMDF
POSTAL SAÚDE (ECT)
PRÓ-SAÚDE (TJDFT)
PRÓ-SER (STJ)
QUALLITY
REAL GRANDEZA
S1 SAUDE
SAÚDE CAIXA
SERPRO
SMILE
STF-MED (STF)
TRE SAÚDE
TRT SAÚDE
TST SAÚDE
UNAFISCO (SINDIFISCO)
UNIMED

Dr Rodrigo Costa Quintão

Cardiologia
CRM/DF 12144

  • Graduação em Medicina pela Universidade de Brasília, 2001
  • Residência em Clínica Médica pelo Hospital de Base do Distrito Federal, 2001-2003
  • Residência em Cardiologia pelo Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Goiás, 2004-2005
  • Especialização em Cardiologia Intervencionista e Hemodinâmica pelo Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo, 2006-2007
  • Título de Especialista em Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia
  • Título de Especialista em Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista pela Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista

Dra. Sandra Marques e Silva

Cardiologia e Ecocardiografia
CRM/DF 13769

  • Graduação em Medicina pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro, 2000
  • Residência em Clínica Médica pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro, 2001-2002
  • Residência em Cardiologia pela Universidade de São Paulo, 2003-2004
  • Especialização em Ecocardiografia pelo Hospital de Base do Distrito Federal, 2005-2006
  • Título de Especialista em Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia
  • Título de Especialista em Ecocardiografia pelo Departamento de Imagem Cardiovascular da Sociedade Brasileira de Cardiologia
  • Mestrado em Ciências Médicas pela Universidade de Brasília
  • Pós Graduação em Cardiopatias Familiares pela Universidad Internacional Menéndez Pelayo, Espanha
  • Presidente do Grupo de Estudos de Doenças Raras da Sociedade Brasileira de Cardiologia

Dr. Leandro Goulart Maciel

Cardiologia
CRM/DF 15337

  • Graduação em Medicina pela Universidade Federal de Juiz de Fora, 1994-2000
  • Residência em Clínica Médica pelo Hospital do Servidor Público do Estado de São Paulo, 2001
  • Residência em Cardiologia pelo Hospital do Servidor Público do Estado de São Paulo, 2002-2003
  • Especialização em Cardiogeriatria pelo Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo, 2004-2005
  • Título de Especialista em Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia
  • Título de Especialista em Medicina Intensiva pela Associação Brasileira de Medicina Intensiva

Dr Denílson e Silva Franco

Cardiologia
CRM/DF 18221

  • Graduação em Medicina pela Universidade Federal do Piauí, 2003
  • Residência em Clínica Médica pelo Hospital Heliópolis, São Paulo, 2006-2008
  • Especialização em Cardiologia Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, 2008-2010
  • Especialização em Arritmologia Clínica pelo Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, 2010
  • Título de Especialista em Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia

Barbara Ernest Dias

Nutrição

  • Graduação em Nutrição pela Universidade de Brasília, 2009
  • Pós-Graduação em Nutrição Funcional Esportiva pela VP Centro de Nutrição
  • Funcional – Universidade Cruzeiro do Sul, 2016